domingo, 18 de outubro de 2009

Uma aldeia na cidade

Foto tirada em Alfama

5 comentários:

Anónimo disse...

Uma aldeia na cidade
Com bairrismo no ar
Quando há uma briga
Toca todos a quinar.
As comadres e amigas
De amizade secular
Andam agora as avessas
Por o cão na escada urinar.
Das janelas, elas viam
O vizinho, a sopeira beijar
Juntavam-se logo à soleira
Para melhor coscuvilhar.
O tio Manel da mercearia
Que a vida de todos sabia
Vive agora a lamentar
De tantos calotes levar.
Mas isto é uma aldeia
Sempre pronta a festejar
Basta haver uma desgarrada
Para um garrafão esvaziar.
Isto é uma aldeia
Aonde não se passa nada
Mas quando vem os azeites
Acaba tudo a pancada!

Natália Augusto disse...

Título muito adequado, pois os bairros são, com efeito, adeias dentro da cidade.
Os habitantes conhecem-se todos, falam com todos e de todos e não há nada que passe despercebido, para o bem e para o mal.

Foto muito "portuguesa"!

Beijos

O Sousa da Ponte disse...

O giro de Alfama é que as pessoas ainda se cumprimentam na rua!

O Sousa da Ponte disse...

bela foto..saudades de Lisboa!

joia disse...

Lembro-me no bairro onde nasci
Alcantara-Patio do Cabrinha uma
Aldeia bem alegre onde se usava
Os tanques para lavar a roupa ha Porta
Tinha de se ir ao chafarir buscar
A agua numa bilha de zinco
Ainda bem que os tempos mudaram
Porque a meninas de hoje nao
tinham força para por as bilhas na
Cabeça
bjs