sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Verde campo

Foto tirada em Lisboa no Parque dos Moinhos de Santana

8 comentários:

Anónimo disse...

Verdes campos,
O silêncio paira no ar
Ouve-se um subtil som
Das aves a esvoaçar.
O vento sopra nos ramos
Das árvores em florestação
Parecer uma bailarina
No palco em plena actuação.
O homem eterno intruso
No seu meio a aniquilar
Provoca fogos e pestes
Levam a floresta a acabar.

Chica disse...

Os verdes campos oferecem por sí só uma beleza,uma calmaria!Lindo! abraços , chica

Brown Eyes disse...

Tudo que é natural é belo e, a natureza, é natural e bela.

Teresa disse...

A Natureza ainda é a maior artista.
Abraço.

Gingerbread Girl disse...

Subscrevo o que disse a BRown. =)

Fábrica de Letras disse...

Por motivos relacionados com as queixas de alguns contribuidores da Fábrica de Letras e a melhor organização dos conteúdos da mesma, chamamos a atenção que a participação na 'Fábrica' se faz através de três categorias. As fotos pertencem à categoria "deixa-me ver e ouvir.

Pedrasnuas disse...

DEUS FOI O MAIOR ARTISTA DE TODOS OS TEMPOS... DEPOIS DA NATUREZA CRIOU O HOMEM QUE CHEGOU E ESTRAGOU TODOS OS SEUS PLANOS...
QUE PAI NÃO FICARIA DESENCANTADO COM SEMELHANTES BARBÁRIES...

BOM ANO

Lala disse...

Uma vista clara, pura, natura e sem dúvida, bela!