segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Reflexos perdidos

Lisboa - Gulbenkian

10 comentários:

Observador disse...

Bonita imagem.

Reflexos por excelência.

Mesmo que perdidos...

Natália Augusto disse...

Perdidos? Não. De todo. O artista captou-os e transformou-os em arte.

Lindo!!!!

F Nando disse...

Observador obrigado pela visita
Abraço

F Nando disse...

Natália reflexos que se espelham na água...
Bjs

Anónimo disse...

Nos outros encontro reflexo, na água o reflexo do sonho, na árvore a imagem da vida, guardei pois o espelho, que pra nada me serve, enquanto houver vida e sol e lua, os reflexos não perco.

F Nando disse...

Anónimo gostei das palavras

Fatyly disse...

Uma captação lindissima pelos reflexos e lá consegues dar vida às tuas fotos.

Há uns dois anos passei por aí e fiquei decepcionada pelo cheiro que deitava, ainda se mantem ou já foi devidamente limpo?

F Nando disse...

Fatyly esta foto tem 2 anos e nessa altura tambem estava assim. Agora não sei
Bjs

Em@ disse...

Adoro reflexos...e captaste-os com sensibilidade aqui.
Enquanto vivi em Lisboa e estudei na Clássica, vivi muito perto da Gulbenkian que era quase a minha casa.Nas últimas vezes que tenho ido à cidade grande, tenho-me esquecido de tornar a casa...
beijo

eu visito sempre mesmo que não deixe rasto.às vezes as palavras tornam-se mudas.

F Nando disse...

Ema comigo passa-se o mesmo passar e não dizer nada é uma falha minha o meu mea-culpa
Bjs