terça-feira, 3 de novembro de 2009

Assim devagar vem chegando

Foto tirada em Almada

4 comentários:

Anónimo disse...

Assim devagar vai chegando
De semente a linda flor
Regadas com carinho
E cuidada com amor

Assim devagar vai chegando
A tartaruga à linha final
Depois da competição
Com o lebrão rapidal

Assim devagar vai chegando
Um bebé a menininho
Começa por gatinhar
Depois dá uns passinhos

Assim devagar vai chegando
De menino, hoje é avô
Olha para trás e pensa
A vida rápido passou

Assim devagar vai chegando
A hora da viagem final
Depois das curvas da vida
A última travagem total

Assim devagar vai chegando
A semente deu uma flor
Nos vai acompanhar
No último acto de amor.


Não foram detectados erros. Cancelar

Natália Augusto disse...

Tudo chega devagar , por vezes, de mansinho e sem nos apercebermos.
Há Primaveras tardias e Outonos antecipados... e sentasões que não desaparecem nunca!


Beijos

Natália Augusto disse...

Errata: onde se lê "sentasões" deverá ler-se "sensações".

É o que dá não olharmos para o teclado quando escrevemos!!!

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Olá nando (posso tratar assim, nao posso)? ;)

Já sei que estarás presente no jantar, pelo que te pedia se podias colocar a tua "presença" também no meu blog, incentivando, assim, outros, pode ser?

Obrigado e... um enorme abreço :)