sábado, 1 de novembro de 2008

Horizontes


3 comentários:

Os meus escritos disse...

amarras cedendo...
há muito larguei as minhas
p'ra lá dos mares,
p'ra lá dos horizontes.

Ana Camarra disse...

muito boa esta foto.

Anónimo disse...

Amarras

Um poste, uma corda, e um horizonte a mirar!
Um belo pôr-do-sol! Está o dia a findar!

Nem com amarras, o mar, se deixa agarrar!
Umas marés, é um pássaro, assustado a fugir
Outra, é um feroz leão, na savana o rugir!

Quer queiramos ou não! Na vida tudo amarras tem!
Entramos logo na vida, ligados ao ventre da nossa mãe!

Temos as amarras dos filhos, que não pediram para nascer!
Queremos ver, bem navegar, e a bom porto chegar!

Existe também as amarras, ligadas ao coração!
Que apanham tempestades, de relâmpago e trovão!

Amarras…e mais amarras…… quem as não tem?
Quem pensa na totalidade as pode libertar! Só se anda a enganar!

Escrito com o coração – 02/11/2008