quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

A caminho de um final de dia


4 comentários:

Anónimo disse...

A caminho do final do dia!
Muitas horas a trabalhar
Para sua subsistência
E algum dinheiro ganhar .

No céu, o Sol se esconde
Para lá do horizonte
A noite começa a pairar
Tenho de ir descansar

A luta do homem é árdua
Passa a vida a trabalhar
Muitas vezes desejava
Ser um pássaro a voar

Sentir o sabor da liberdade
Sem relógio a comandar
Acordando ao nascer do Sol
E seu esplendor admirar

De dia, saltitar entre os galhos
E o cheiro das flores inalar
ao entardecer, deslumbrar-me
Com um Por do sol a brilhar.

O sonho da liberdade
Todos nós ansiamos um pouco
Mas desejar a liberdade de um pássaro
É mesmo só de um louco!

“O Ser humano, mesmo com as asas cortadas, continua a sonhar com libertade”
Escrito com o coração 03/12/2008
Autora: A própria
Todos os meus poemas são oferecidos a este blogue
São originais, e não plagiados

Ana Camarra disse...

Logo á tarde ver se descubro um tão bonito.

Tiago R Cardoso disse...

excelente, muito bom.

Ana Paula disse...

Excelente!!!! como eu adorava estar lá!!!
Bj.Ana