segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Um pauzinho na engrenagem


4 comentários:

Tiago R Cardoso disse...

Como um apaixonado que sou pela fotografia, só posso e devo elogiar todas estas imagens.

Que belíssimos momentos, passarei a palavra, muito bom.

utopia das palavras disse...

bonita foto!
Ás vezes faz falta à engrenagem (o pauzinho)!

Beijo

Anónimo disse...

O arado rasca a terra
Começa a desventrar
Para o agricultor
A voltar a semear

A semente cai na terra
E começa a germinar
Esperando que a agua
Sua raiz venha regar

São grandes arrozais
Que o Tejo vem beijar
Quando as suas margens
Começam a transbordar

Na planície o vento ondula
Faz os seus caules bailar
Parecendo uma orquestra
Com a musica a tocar.

Tudo tem a sua poesia
Basta o nosso coração ver
Até num lindo arrozal
Ela pode florescer.

Escrito com o coração 01/12/2008
Autora: A própria
Todos os meus poemas são oferecidos a este blogue
São originais, e não plagiados

mariposa disse...

para tudo na vida precisamos de "engrenar"....uma mola ....uma vontade férrea...um muito querer.bem haja amigo pelas suas palavras.